Efeito Tempo Perdido ou Missing Time

Muitas pessoas relatam que o tempo a sua volta, misteriosamente, parece ter perdido sincronia com o horário real. São ocorrências perturbadoras, manifestadas ao redor do planeta sem nenhum motivo aparente.Tal fenômeno é conhecido como efeito Missing Time ou Tempo Perdido.

Misteriosas Anomalias de Tempo. Será que você já vivenciou uma?

Existem vários casos pelo mundo aonde pessoas relatam que seus relógios perdem sincronia com o horário real sem nenhum motivo aparente. Segunda as vítimas muitas vezes esta falta de sincronia cronológica vem acompanhado por lembranças assustadoras e bizarras. Tal fenômeno é conhecido como “Efeito Missing Time” – “Efeito Tempo Perdido”. Não se sabe exatamente o que acontece com essas pessoas. Diversas explicações foram desenvolvidas para tentar explicar esse fenômeno. A crença mais difundida é que trata se de episódio de abdução. Supostamente a vítima seria abduzida e depois devolvida na mesma condição em que se encontrava antes de serem abduzidas. Desta maneira o abduzido nem mesmo conseguiria perceber o que teria acontecido. Para a vítima o tempo não passou, mas para as outras pessoas ao seu redor sim.

De acordo com vários relatos esse fenômeno pode acontecer com a pessoa estando acordada ou dormindo. Essa perda de tempo seria na verdade uma perda da memória relativa à um período específico de tempo. Essa sensação de perda de tempo e falha de memória pode durar de alguns minutos a vários dias. A lembrança do que aconteceu durante este tempo perdido é frequentemente recuperado através de hipnoses regressivas ou em sonhos. O fato da memória ser recuperada pode ser explicado simplesmente porque essas informações perdidas estariam armazenadas na memória inconsciente da vítima.

A maioria dos depoimentos sobre o Efeito Missing Time envolvem história bizarras com ETs e criaturas estranhas.

O mais famoso de todos os casos é a história de Betty e Barney Hill, em New Hampshire. No início de 1960, dirigindo em uma estrada deserta tarde da noite, viram uma luz estranha sobre seu carro. A próxima coisa que eles se lembravam era que estavam a quilômetros de distância de onde viram as luzes., eles perceberam que havia passado cerca de três horas. Em uma hipnose regressiva eles se se lembraram que foram vitimados por seres estranhos.

Em 1993, nos arredores da cidade de Victoria na Austrália, Kelly Cahill seu marido e suas três crianças estavam a caminho da casa de um amigo. Quando eles relataram terem visto uma espécie de navio que pairam sobre a estrada. Cahill lembra se apenas de despertar dentro do carro e perceber que algumas horas haviam sido perdidas.

Em novembro de 1980, West Yorkshire, Inglaterra o policial Alan Godfrey estava em uma rotina de patrulha noturna. Quando Godfrey experimentou o fenômeno de tempo perdido. Ele relata que viu uma nave paira sobre a estrada e que se lembrava apenas de ser questionado por um homem chamado José, usando mantos bíblicos. O policial foi encontrado por um caminhoneiro e uma equipe de segurança de cargas roubadas que estavam mais abaixo na estrada e que afirmavam ter testemunhado a nave alienígena pairando.

John Carlson relata em seu blog uma experiência de “Missing Time” que teve na adolescência. Segundo ele, tudo ocorreu na sua cidade natal Ridgewood no nordeste de New Jersey. Numa tarde ensolarada, em uma rua relativamente movimentada de sua cidade John voltava a pé da escola para casa, caminho este que fazia todos os dias, quando percebeu que tudo parecia estranhamente quieto, quase sem som. O ruído normal da agitação dos seus colegas de escola estava estranhamente ausente e o silêncio era bastante estranho. Ainda haviam carros e alguns pedestres presentes na rua, mas tudo num silêncio perturbador. John relata que conseguia ver o sinal de trânsito que ficava perto de sua casa. No entanto, este sinal parecia estar ficando cada vez mais longe a medida que ele andava em sua direção. O silêncio persistia. Ele relata ainda que começou a se sentir muito desorientado e ansioso e em seguida, nada; uma completa perda de memória. Sua próxima lembrança era de “despertar” em outra rua em uma parte diferente da cidade. Lembrava de se sentir muito abalado, confuso e um pouco assustado. Em questão de poucos minutos sua mãe estava no local aonde ele havia acordo. John estranhando o fato de sua mãe saber aonde ele estava a questionou, como ela sabia aonde encontra-lo? Ela respondeu que estava em casa, quando uma voz em sua cabeça disse “pegar John, ele precisa de você”. John relata que até hoje, quase 30 anos depois, ainda não se lembra do que aconteceu nesse período de uma hora perdida. E que não foi a única vez que sentiu esse fenômeno de tempo perdido.

De acordo com Michael Sturma em publicação no History Today, em 1976, quatro estudantes foram acampar na floresta no norte do Maine. Durante a noite, eles avistaram um curioso objeto luminoso no céu. Eles testemunharam um objeto oval com uma luz brilhante colorida pairando sobre eles. Quando questionados sobre o que teria acontecido depois de avistarem o objeto voador os quatro estudantes não sabiam responder. Alegavam que não se lembravam de mais nada depois do que viram. Provavelmente eles experimentaram o fenômeno de ‘tempo perdido’ em sua memória consciente. Somente dois anos após do suposto avistamentos, em sessões de hipnose regressiva, esses quatro estudantes se lembraram do ocorrido. Eles supostamente reviveram a traumática abdução alienígena. Os estudantes relataram detalhadamente que foram transportados a bordo de um OVNI. Dentro deste OVNI encontrava se estranhas criaturas humanoides que os examinaram.

Uma senhora texana de 64 anos, que não quis se identificar, relata ter tido uma experiência de Missing Time. Ela afirmava que foi parar em um lugar desconhecido. De uma hora para outra, a senhora que nunca havia pisado fora do Estado Unido da América, descreveu em detalhes, a cidade uruguaia de Punta del Este. Ela afirma que passou cinco dias nesta cidade e que ficou desesperada por estar perdida e sem dinheiro. A história se torna ainda mais interessante devido ao fato da idosa carregava consigo um relógio de pulso, que teve sua sincronia alterada. Para piorar a estranheza desse relato, quando a senhora retornou correndo e ofegante para dentro de casa a fim de relatar ao marido o ocorrido, ela se encontrava imunda e desidratada, porém não fazia dez minutos que ele havia avisado ao marido que iria no quintal de sua casa arrumar sua pequena horta. Como, nesses dez minutos que ambos estiveram separados, a mulher ficou imunda e desidratada? O marido, vendo o estado de desidratação de sua esposa a levou ao hospital. Após contar aos médicos o que havia ocorrido, decidiram que seria o caso de internação psiquiátrica. A senhora passou as duas semanas posteriores ao incidente em um hospício até os médicos perceberem que ela não tinha qualquer doença mental.

Alguns relatos referem-se a abduções aleatórias. Porém em algumas vítimas foram encontrados implantes metálicos. Isso levanta a hipótese de que estas pessoas chipadas podem ser escolhidas para estarem sendo monitoradas de alguma forma através desses dispositivos.

O medo irracional, distúrbios do sono e até mesmo sangramentos nasais, são alguns “efeitos colaterais” que podem acontecer após o Missing Time. Na maioria das vezes parece não ter nenhum sentido como se fossem sonhos desconexos ou sonhos acordados.

Claro que inúmeras explicações apareceram para este fenômeno.

Cientistas afirmam que isso seria um distúrbio mental. O que esses cientistas ortodoxos não explicam é porque algumas vítimas relatam que equipamentos elétricos podem falhar ou apresentar funcionamento anormal instantes antes da ocorrência do lapso de tempo e porque esse fenômeno geraria memórias estranhas nas vítimas. Será que os cientistas acreditam mesmo que pessoas, aparentemente normais, modificariam seus relógios somente para serem conhecida como estranhas?

Para psicanalise, um fenômeno de perda de tempo significa que na ocorrência do evento o cérebro o documenta. Porém o evento pode não estar no mesmo tempo de frequência que o cérebro, o que faz parecer que o tempo parou para a vítima.

Para os paranormais isso é apenas uma projeção astral ou Bi locação. Isto é, quando o corpo está em um local enquanto o espírito está em outro nível de existência.

Organizações religiosas não possuem nenhuma definição específica sobre esse fenômeno. Tende a definir tais fenômenos como visões ou premonições.

Acredito que o fenômeno de perda de tempo é um campo que precisa ser estudado em profundidade antes de chegar a uma conclusão.

Você pode até pensar: “Missing time, isso é loucura”. Engana-se. Tudo torna se ainda mais assustador se pensarmos que a perda de tempo é fenômeno natural, que ainda não conhecemos. Isso tornaria eu, você e qualquer pessoa em uma vítima em potencial. Basta estar em um ponto do planeta, na hora certa aonde o fenômeno vai ocorrer.

Já imaginou?

Você já conferiu o seu relógio depois de ler essa postagem?

O que você acha? Não deixe de registrar sua opinião nos comentários!

Confira este e outros assuntos sobre OVNIs, UFO, abdução e muito mais em nossa revista OVNIs – UFO no: Flipboard http://flip.it/gNNce

Siga-nos também no twitter: http://twitter.com/alemdosgreys

Anúncios

Um comentário sobre “Efeito Tempo Perdido ou Missing Time

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s